Numa rua cheia de lanchonetes, ele abriu a sua e fatura mais que as concorrentes

Pedro é arquiteto e decidiu abrir uma hamburgueria em meio a lanchonetes numa rua em São Paulo que tem concorrentes com mais de 50 anos no local.

Seu espaço é minúsculo: cabem dez pessoas em pé e mais dez sentadas, e mesmo sendo tão apertadinho, a organização do empresário foi suficiente para fazer o negócio girar.

O segredo: simplicidade. No cardápio (enxuto) e no preço (dentro da média). Pedro diz que lá vão pessoas de todo tipo, e que ficam um tempão na fila. E vão de chinelo, pantufa, pijama.

As pessoas não queriam sanduíche com abobrinhas saltitantes, queriam hambuguer, diz Pedro. E deu certo. Prova de que sempre é possível fazer melhor que a concorrência, mesmo que antiga.

0 respostas

Deixe uma resposta

Inicie um fórum de discussão!
Sinta-se a vontade para contribuir! Não esqueça, deixe-nos seu Nome: Email: e DDD+Telefone:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *